Poesia, José Mindlin e saudades!

José  Mindlin(1914-2010)

J á podemos espalhar que de fato existiu
O exemplo bonito e raro
S eria tão bom que isso fosse mais comum...
É maravilhoso ter existido

M indlin, o José amigo dos livros!
I mensa capacidade de saber o que é importante
N ele, a luz se espalha!
D dele, recebemos persistência e cultura
L ivros, livros, livros!
I ntenso brilho de generosidade
N asceu para todos nós!

Clarice Villac

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Outono!

LITERATURA DE CORDEL: A MEMÓRIA DO SERTÃO EM FOLHETOS