Wladir Nader entrevista Leila Míccolis

 

 

Para a autora, literatura é o que vale.

                                                    

Simplesmente Leila Míccolis

Tudo começou nos anos 70, primeiro com poesia e muita agitação

cultural, depois com televisão. Ela continua no mesmo ritmo e, também pesquisadora

de mão cheia, já tem mestrado e completa doutorado no Rio de Janeiro.

Ou seja, se promete e realiza uma porção de coisas ao mesmo tempo. Ainda bem.

Nesta entrevista, apenas um pouco do que é capaz de fazer.

Wladyr Nader

Poemas de Leila Míccolis

VÃ FILOSOFIA...

Falas muito de Marx,
de divisão de tarefas,

de trabalho de base,

e quando te levantas

nem a cama fazes...

MISSÃO COMPRIDA

Você conseguiu tudo na vida:

uma grande barriga bem alimentada
uma amante infiel
uma esposa comportada
carro do ano
filhos rebeldes ao teu jugo tirano
casa própria, emprego com crachá
um sítio em Visconde de Mauá

um ufanista amor pelo país
tudo como manda o figurino
(de Paris).
E morrerá, cumprindo a sua parte,
de tensão ou de enfarte,
de repente,
sem nem ao menos de longe perceber
que podia ter sido diferente.

Outras informações sobre a autora em seu blog leilamiccolis.blogspot.com

Últimas: Todo o acervo de publicações alternativas de Leila Míccolis, nossa entrevistada de hoje, foi adquirido pela Universidade da Flórida, Estados Unidos, para a inauguração de um setor dela intitulado “Leila Míccolis Brazilian Alternative Press Collection”, cujo curador e organizador é o dr. Steven Butterman, professor de Literatura Brasileira e de Português no Departamento de Línguas Modernas e Literaturas. Entre os volumes se encontram exemplares da revista Escrita, que circulou no Brasil de 1975 a1988. Ao lado, o 39º e último número.

Leia na íntegra: http://escritablog.blogspot.com.br/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Outono!

LITERATURA DE CORDEL: A MEMÓRIA DO SERTÃO EM FOLHETOS