Se vivo, Zanoto faria aniversário hoje…

 

Zanoto, um grande amigo da literatura.

Escritor mineiro, Presidente de honra vitalício da Academia Varginhense de Letras, Artes e Ciências (AVLAC), poeta - livros publicados: Emoçoes (1994), e Desejos (1995) -, porém gostava de ser mais conhecido como jornalista: no Correio do Sul, jornal de Varginha, assinava a coluna "Diversos Caminhos" desde 1950. Desde a década de 80 tinha coluna fixa em Blocos - Jornal Cultural (impresso) e, a partir de 2004, mantinha a coluna "Diversos Caminhos em Blocos", em Blocos Online, único site a tê-lo como colunista, uma vez que era resistente a escrever na Internet. Faleceu em 21 de janeiro de 2011. Suas crônicas têm estilo inconfundível, por nelas ele reunir opiniões, trechos de livros, vivências diárias e cartas, poemas, fragmentos e informações sobre todas as tendências literárias contemporâneas. Foi um dos maiores divulgadores literários do país, de todos os tempos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dia de Reis, desmonte da árvore, romã...

Falecimento Hilda Hilst (2004, Campinas/SP)

FEIRA LITERÁRIA DE ASSIS/SP