Poesias de Mauro Sampaio

 

NOSTALGIA
Ah! o tempo das esquinas coloridas
E palradoras!


POEMA

Os primeiros caminhos são ingênuos.
À noite
A saudade tece um pássaro de sonhos.

Mauro Sampaio

Do livro: O avesso da memória, Ed. autor, 1992, Campinas/SP

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dia de Reis, desmonte da árvore, romã...

Outono!