Brasil tem 15 filmes na 42ª edição do Festival Internacional de Cinema de Rotterdam

 

Com um total de 15 títulos em diversas mostras, o cinema brasileiro terá uma expressiva participação na 42ª edição do Festival Internacional de Cinema de  Rotterdam, na Holanda, que começa na próxima quarta-feira (23) e vai até o dia 3  de fevereiro. O destaque é o filme Eles Voltam, do diretor pernambucano  Marcelo Lordello, que em sua estreia internacional concorre ao prêmio Hivos  Tiger, o principal da parte competitiva do festival. No último Festival de Brasília, Eles Voltam ganhou os prêmios de melhor longa de ficção, melhor  atriz e melhor atriz coadjuvante.

O filme conta a história de duas crianças que, por brigarem constantemente durante uma viagem à praia, são deixados na beira da estrada pelos próprios pais. Eles voltam é mais uma produção pernambucana a participar da mostra competitiva do festival da cidade holandesa, depois de Baixio das Bestas, premiada com o Hivos Tiger em 2007, e de O Som ao Redor, em 2012.

Em outras seções do festival, mais cinco filmes brasileiros fazem em Rotterdam sua estreia mundial. São eles A Floresta de Jonathas, de Sérgio Andrade; Avanti Poppolo, de Michael Wahrmann; Morro dos Prazeres, de Maria Augusta Ramos; O Rio nos Pertence, de Ricardo Pretti e O Uivo da Gaita, de Bruno Safadi.

Integram ainda a participação brasileira deste ano em Rotterdam cinco curta metragens, filmes já exibidos em outra mostras internacionais e produções feitas originalmente para outras mídias, como a internet e a TV.

O Festival de Rotterdam é um dos 77 eventos contemplados em 2013 pelo Programa de Apoio à Participação de Filmes Brasileiros em Festivais Internacionais, da Agência Nacional de Cinema (Ancine). O programa, que acaba de ser renovado por meio de portaria da agência, viabilizou em 2012 a presença de 85 filmes brasileiros – 38 longas, 22 curtas e 25 médias-metragens – em 43
festivais realizados em 21 países.

Lançado pela Ancine em 2006, o programa auxilia com serviços e recursos financeiros os filmes brasileiros oficialmente selecionados para festivais estrangeiros. São quatro tipos diferentes de apoios, compreendendo desde a concessão de cópia legendada ao envio da cópia e ao apoio financeiro para a promoção do filme.

Segundo a Ancine, os valores do apoio diferem em função da categoria do evento para o qual o filme foi selecionado, mas o mínimo é de R$ 4.200. O requerente deve solicitar o apoio com pelo menos 30 dias de antecedência em relação à data do festival. No caso do Festival de Rotterdam, cinco filmes foram beneficiados pelo programa de apoio da Ancine.

http://www.brasilcultura.com.br/audio-visual/brasil-tem-15-filmes-na-42%C2%AA-edicao-do-festival-internacional-de-cinema-de-rotterdam/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Outono!

LITERATURA DE CORDEL: A MEMÓRIA DO SERTÃO EM FOLHETOS