Tarsila do Amaral


 
  Nascimento de Tarsila do Amaral (1886, Capivari/SP), Maria Helena Bandeira 
  
  
  "É fácil viver no mundo conforme a opinião das pessoas. É fácil na solidão viver do jeito
     que se quer. Mas o grande homem é aquele que, no meio da multidão, mantém com
     perfeita doçura a independência da solidão" - Ralph Waldo Emerson

 
  "O modo mais seguro de perder a própria independência é gastar o que
     não se tem" - Mustafa Kemal Atatürk
 
  "Pátria é o solo que pisamos, é a água que nos dessedenta, é a árvore que nos dá sombra,
      é o fruto, é o lenho, é a ave que vem cantar a alvorada no teto palhiço da nossa cabana;
      é o animal que vive na floresta, é a cantilena com que a jovem mãe adormece no berço o
      filho pequenino e é hino forte que a multidão entoa" - Coelho Neto
 
  "Neste momento, de repente, me bate a nostalgia do que um dia se chamou pátria -
     Millôr Fernandes
 
  
  
  
  
  
  
  
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Outono!

LITERATURA DE CORDEL: A MEMÓRIA DO SERTÃO EM FOLHETOS