Dia Internacional de Recordação do Holocausto




A Assembléia Geral das Nações Unidas instituiu o dia de 27 de Janeiro como o Dia Mundial da Lembrança do Holocausto. A data é uma homenagem aos seis milhões de judeus e às outras vítimas do extermínio nazi. Vários países, incluindo Grã-Bretanha, Itália e Alemanha, já consideravam 27 de Janeiro o dia da memória das vítimas do Holocausto pois foi nessa data, em 1945, que as tropas soviéticas libertaram o campo de concentração de Auschwitz-Birkenau, na Polónia. A resolução, proposta por Israel, foi co-patrocinada por outros 104 países e aprovada por consenso (sem necessidade de votação).

O texto da resolução rejeita qualquer questionamento de que o Holocausto foi um evento histórico, enfatiza o dever dos Estados-membros de educar futuras gerações sobre os horrores do genocídio e condena todas as manifestações de intolerância ou violência baseadas em origem étnica ou crença.
O “Dia da Memória” foi formalmente instituído pela República Italiana em 20 de julho de 2000, com a Lei n. 211. As celebrações do Dia da Memória acontecem de maneira coordenada em Roma, à presença do Presidente da República Giorgio Napolitano, e em todas as Embaixadas da Itália no mundo. A data do dia 27 de janeiro foi escolhida pela força do impacto no imaginário coletivo representada pela derrubada dos portões de Auschwitz, acontecida exatamente em 27 de janeiro de 1945. O “Dia da Memória”, por um lado visa lembrar o momento histórico acima citado, por outro pretende manter viva na memória coletiva a Shoah (“catástrofe”, “destruição”, “desolação”, em língua judia), a prisão e o extermínio dos judeus e os heróis que opuseram-se àquele projeto de genocídio, para que nunca mais eventos parecidos possam acontecer novamente.
Informação conseguida aqui

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dia de Reis, desmonte da árvore, romã...

Outono!