As boas indicações literárias de Marli Berg

 

À MESA, COM TODA CERTEZA, AS DELÍCIAS REQUINTADAS DA ARGENTINA

A cozinha sempre foi e sempre será a parte mais importante da casa, pois é nela que se prepara os alimentos que nutrem seus moradores, mantendo-os vivos e saudáveis. Na Argentina, país de grande riqueza culinária, que remonta à época pré-colombiana, a culinária italiana e espanhola exerceram influência decisiva, fazendo com que, até hoje, massas e pizzas sejam parte do cotidiano alimentar do país vizinho, embora tenha grande riqueza de pratos que incluem, entre outros ingredientes, a deliciosa e famosa carne bovina. Enfim, matéria-prima para ser transformada em deliciosos pratos é que não falta no país vizinho.
Cozinha Argentina – Tradicional e Criativa (V&R Editoras) de Piá Fendrik — que iniciou a carreira profissional no Instituto Argentino de Gastronomia, escreve livros sobre culinária e ministra cursos de gastronomia especializada, e ilustrado pelas belíssimas fotos da também argentina Angela Coppello, que já publicou seus trabalhos em importantes revistas —, nos oferece 28 receitas de primeira qualidade, que fazem uma viagem gastronômica pela geografia argentina. A autora dividiu o território em cinco regiões, que têm características similares em suas tradições culturais e gastronômicas, transformando cada receita em homenagem a uma província, dentro de uma região.

Bem editado, lindo do ponto de vista gráfico, o livro é uma caixa de excelentes informações sobre receitas típicas e deliciosas de nossos vizinhos argentinos, permitindo que façamos uma deliciosa viagem cheia de informações e belas ilustrações, que nos motivam a visitar esta terra de tão raros e delicados sabores. A V&R merece parabéns, pelo cuidado com que escolhe os temas de suas publicações e o rigor e o primor com que os edita. Uma ótima novidade para começar o ano... comendo.

1. Biografia

A cantora e compositora inglesa de soul, Adele, nasceu em Londres em 1988, filha de mãe solteira, e pouco contato teve com o pai. Ela começou a cantar aos quatro anos, e, desde o início da carreira. afirmou que as Spice Girls foram sua grande inspiração. A voz emocionante, os hits cativantes, e a personalidade sensível de Adele, já lhe renderam prêmios e grande popularidade, além de quebrar recordes, quando seu segundo álbum, 21, permaneceu no primeiro lugar das paradas britânicas durante quinze semanas consecutivas.

Adele (Leya) de Chas Newkey Burden, o biógrafo das celebridades, cujos livros já foram traduzidos para 13 idiomas, nos apresenta a uma Adele sensível, que tem uma vida turbulenta, superou desafios e se transformou em ícone da música mundial, dominando as paradas de sucesso em 13 países. Uma mulher talentosa e sem segredos, apenas uma menina comum que conquistou o mundo, e passa esta mensagem a seus milhares de fãs, que, emocionados, lhe retribuem com aplausos e cada vez mais sucessos. Uma biografia comovente, por ser baseada em absoluta sinceridade.


2 - Literatura Brasileira / Contos

Considerado um dos melhores contistas da atualidade, o baiano de Itabuna, Hélio Pólvora construiu, em mais de 50 anos de atividade literária, uma das obras mais sólidas da literatura brasileira. Melhores Contos – Hélio Pólvora (Global), com textos selecionados pelo crítico literário e ensaísta André Seffrin, reúne quinze trabalhos do escritor, que cobrem um período de mais de trinta anos de atividade.

Pólvora cultivou, além do conto, a crítica literária, a poesia e o ensaio e, mais recentemente, estreou como romancista (chegando a finalista do Prêmio São Paulo de literatura, na categoria “estreantes”).Comparado a grandes nomes do conto mundial, como Maupassant, Machado de Assis e Katherine Mansfield, entre outros, Pólvora é uma estrela brilhante de nossa literatura, e seu poder de sedução do leitor se estende a várias gerações. A publicação deste livro é mais um acerto da Global, que tem premiado os leitores com jóias belíssima e raras da literatura brasileira.

3 - Romance Italiano

Um dos maiores escritores italianos modernos, Niccoló Ammaniti, que já nos brindou com o maravilhoso Como Deus Manda (editado no Brasil pela Bertrand Brasil), onde mostrava o mundo dos excluídos, marginalizados e brutalizados italianos numa sociedade consumista, muda agora o foco de sua obra, para desvendar outra faceta da sociedade. A Festa do Século (Bertrand Brasil) , seu mais recente lançamento entre nós, é uma ode a futilidade da sociedade atual, e tem, como protagonistas, jogadores de futebol, políticos desonestos, atrizes pornô e mais outros tipos que costumamos chamar de “celebridades”, sem nada a acrescentar ao desenvolvimento intelectual e moral da sociedade humana. Irreverente, engraçado, criativo, um verdadeiro mestre do humor negro, Ammanti mistura o grotesco, o trágico e o cômico numa narrativa brilhante, que começa com uma megafesta para comemorar a inauguração da propriedade de 450 milhões de euros de um grande especulador imobiliário, num evento grandioso, que tem tudo para fugir ao controle. As figuras mais conhecidas e poderosas da Itália vão se misturar nesta festa, e produzir resultados inacreditáveis, numa metáfora de uma sociedade apodrecida e caricaturalmente sem saída.

Um narrador nato, ele transforma A Festa do Século num retrato da sociedade italiana, e põe em xeque sua decadência e hipocrisia, conseguindo estender estes traços incômodos e até cruéis para todo o período social em que vive a humanidade. Pobre humanidade, que nem sempre consegue se enxergar, e precisa de uma obra grandiosa como esta para voltar aos tempos romanos, quando se dizia que é rindo que se castiga os costumes. Um autor genial, que produz uma grande obra, a ser lida e relida para ser absorvida.

4 - Best-Seller / Romance Norte-Americano

O amor move o mundo, gera conquistas e romances maravilhosos, como A Promessa (Lua de Papel), do americano Richard Paul Evans, autor de inúmeros romances que já venderam mais de 14 milhões de exemplares nos Estados Unidos, e foram traduzidos para mais de 25 idiomas.

Detentor de vários prêmios literários, Evans consegue, através de uma narrativa ágil e elegante, nos introduzir no mundo de Beth, casada com Marc e mãe de Charlotte, de seis anos, que, de repente, vê seu mundo ruir: a filha tem uma doença misteriosa e o marido não é o homem fiel que imaginava. E agora? Com o coração magoado, ela encontra um homem misterioso, mas que fará a diferença em sua vida e levará o leitor, com o coração aos saltos, até o final desta história linda, comovente e muito bem elaborada. Quanto aos que acham que romances de amor são melados, doces demais, que nos desculpem, mas esta história é deliciosamente sedutora e verdadeira. A ler e curtir todos os momentos da trajetória afetiva de Beth.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dia de Reis, desmonte da árvore, romã...

Falecimento Hilda Hilst (2004, Campinas/SP)

FEIRA LITERÁRIA DE ASSIS/SP