Após anulação, Biblioteca Nacional dá prêmio de poesia a Ana Martins Marques

 

O livro "Da Arte das Armadilhas" (Companhia das Letras), de Ana Martins Marques, foi escolhido na tarde desta quinta-feira (24) o vencedor na categoria poesia do Prêmio Biblioteca Nacional de Literatura.

A honraria tinha sido concedida em dezembro ao livro "Poesia 1930-62" (Cosac Naify), de Carlos Drummond de Andrade (1902-87), mas a Fundação Biblioteca Nacional (FBN) voltou atrás após analisar quatro recursos pela anulação do resultado.

 

A poeta mineira Ana Martins Marques

A poeta mineira Ana Martins Marques (Rodrigo Valente/Divulgação)

 

A instituição reconheceu que, pelo edital, a inscrição só poderia ser feita pelo autor ou pela editora mediante autorização por escrito do autor, de modo que um autor já morto não poderia concorrer.

Após a anulação, os membros da comissão de avaliação --poetas Leila Miccolis, Carlito Azevedo e Francisco Orban-- reuniram-se novamente e o livro que obteve maior pontuação foi o de Ana. Publicado em 2011, "Da Arte das Armadilhas" é o segundo livro de Ana Martins Marques. O primeiro, "A Vida Submarina" (2009), saiu pela editora mineira Scriptum.

Nascida em 1977, em Belo Horizonte, onde mora, a autora é formada em letras e tem mestrado em literatura brasileira pela UFMG.

http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/1220631-apos-anulacao-biblioteca-nacional-da-premio-de-poesia-a-ana-martins-marques.shtml

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dia de Reis, desmonte da árvore, romã...

Outono!