Morre aos 97 anos o escritor e jornalista João de Scantimburgo

 

Ele era membro da Academia Brasileira de Letras e dirigiu jornais de SP.
Morte aconteceu na madrugada desta sexta (22) após crise de diabetes.

 

O jornalista e membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) João de Scantimburgo, que fundou e presidiu a TV Excelsior e foi diretor dos 'Diários Associados' (Foto: Divulgação/ABL)

João de Scantimburgo, que foi jornalista e membro
da Academia Brasileira de Letras (Foto: Divulgação
/ABL)

 

O escritor e jornalista João de Scantimburgo morreu na madrugada nesta sexta-feira (22), aos 97 anos, após uma crise de diabetes, na clínica Elite Residencial, em São Paulo, informa a Assessoria Brasileira de Letras (ABL), do qual ele era membro.

João de Scantimburgo nasceu em Dois Córregos (SP), em 31 de outubro de 1915. Ele era mestre em Economia e Doutor em Filosofia e Ciências Sociais e foi professor da Fundação Armando Álvares Penteado e da Universidade Estadual Paulista (Unesp).

Scantimburgo dirigiu jornais do grupo Diários Associados ("Diário de S. Paulo" e "Diário da Noite"), o "Correio Paulistano", o "Diário do Comércio" e as revistas "Digesto econômico" e "Revista Brasileira", da ABL. Ele também foi fundador e presidente da TV Excelsior, diz a ABL. Ele ocupava a cadeira de número 36 da academia, e também era membro da Academia Paulista de Letras.

Entre as obras escritas por João de Scantimburgo estão "O destino da América Latina - A democracia na América Latina" (1966), "A Crise da república presidencial" (1969), "O café e o desenvolvimento do Brasil" (1980) e "Eça de Queiroz e a tradição" (1995).

O corpo de João de Scantimburgo será velado a partir das 16h desta sexta, na Assembleia Legislativa de São Paulo, e será sepultado no sábado, ás 12h, no Cemitério São Paulo.

João de Scantimburgo foi casado com a a condessa Anna Teresa Maria Josefina Tekla Edwige Isabella Lubowiecka. A ABL informa que ele não deixa filhos nem netos.

A ABL determinou luto oficial de três dias e transformou a sessão acadêmica da próxima quarta-feira (27) em Sessão da Saudade, informa a assessoria. "Deixa a memória de uma pessoa afável e interessada nas atividades da Academia, da qual dirigiu, por muitos anos, com grande dedicação, a 'Revista Brasileira'", diz o comunicado da instituição.

 

http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2013/03/morre-aos-97-anos-o-escritor-e-jornalista-joao-de-scantimburgo.html

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dia de Reis, desmonte da árvore, romã...

Falecimento Hilda Hilst (2004, Campinas/SP)

FEIRA LITERÁRIA DE ASSIS/SP