última transmissão por Código Morse, que foi extinto.

Telégrafo para Código Morse

SOS é um dos sinais mais usados e enviado em situações de emergência de um indivíduo. Quando enviado em código morse consiste em três pontos (correspondente à letra S), três traços (correspondente à letra O) e novamente três pontos (• • • – – – • • •) - oralmente diz-se "dit dit dit dah dah dah dit dit dit".
No uso popular, SOS foi associado a frases como Save Our Seamen ("Salve nossos marinheiros"), Save our Ship ("Salve nosso Navio"), Survivors On Shore ("Sobreviventes na costa") ou Save Our Souls ("Salve nossas almas"). Essas frases no entanto vieram depois como forma de ajudar a lembrar as letras corretamente (um retro-acrônimo). Sendo um código, as letras de SOS não tem um significado por si mesmas.
História
Este sinal foi inicialmente adaptado pelo governo alemão nas regulamentações de rádio em 1 de Abril de 1905, e passou a ser um padrão mundial quando foi aceito na segunda International Radiotelegraphic Convention, firmada em 3 de Novembro de 1906 e tornando-se efetiva em 1 de Julho de 1908 (em substituição ao sinal CQD).
O primeiro navio a enviar um SOS por rádio foi o Arapahoe em 1909. Encontrava-se perdido ao norte do continente americano.
O fim do sentido original do SOS deu-se em janeiro de 1999 quando foi oficialmente aposentado o serviço de telegrafia Morse nas comunicações marítimas. A Autoridade de Segurança Marítima da Austrália foi a última organização internacional a deixar de reconhecer oficialmente o sistema. A Rádio Melbourne realizou a transmissão final em código Morse em seu Serviço Móvel Marítimo às 23:59 UTC do dia 31 de janeiro de 1999.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Outono!

LITERATURA DE CORDEL: A MEMÓRIA DO SERTÃO EM FOLHETOS