2012: O ano começa com grandes E deliciosas leituras – Coluna de Marli Berg

 

Mesmo curtindo as férias, Livros em Blocos continuou visitando livrarias, reais e virtuais, a procura de novidades que ofereçam um agradável e instrutivo início de 2012. E acredite, encontramos muitos livros realmente incríveis, originais, poderosos, cheios de ensinamento,
mas, também, entretenimento.
Confira as novidades que trazemos com a primeira coluna deste novo ano, que se anuncia muito bom e promete grandes leituras para os que como nós, amamos loucamente os livros.

1. Biografia / Quadrinhos

Carlos Ferreira e Rodrigo Rosa, ganhadores do HQ MIX 2011, de adaptação para os quadrinhos por “Os Sertões”, estão lançando a biografia do fundador do espiritismo, Allan Kardec, uma ficção histórica em quadrinhos.

Kardec (Barba Negra) conta a vida do homem, nascido Hippolyte Léon Denizard Rivail, educador de profissão que, depois dos 50 anos, decidiu mudar de nome  e vida, escrevendo vários livros sobre a doutrina espírita, sendo o primeiro e mais conhecido O Livro dos Espíritos. A biografia, bem escrita e com quadrinhos magistrais, ganhou prefácio de Marcel Souto Maior, autor do livro “As Vidas de Chico Xavier”, publicado pela Leya, e transporta o leitor a França do século XIX, para acompanhar Kardec durante sua busca por respostas sobre a existência humana. O codificador da doutrina espírita que, a cada dia, ganha mais adeptos no Brasil recebeu, neste livro, um tratamento correto e respeitoso, com detalhes biográficos que tornarão clara, ao leitor, a caminhada de um homem extremamente determinado a buscar um sentido mais amplo e compreensível da vida humana. Uma grande leitura


2 - Ficção Brasileira / Romance

Professor de literatura brasileira, o gaúcho Menalton Braff tem uma  obra da maior importância na literatura brasileira contemporânea, formada por seis romances, três volumes de contos e sete novelas infantis e juvenis. Entre os diversos prêmios literários que ganhou, figura o Jabuti, e uma menção honrosa do Prêmio Casa de Las Américas, de Havana.

Tapete de Silêncio (Global) é seu décimo - oitavo livro, e tem como protagonista a cidade de Pouso do Sossego, já que é lá que se passam os acontecimentos narrados em dois planos temporais, através dos quais vão se revelando os meandros dos poderes econômico, político e moral que fluem, de maneira subterrânea, pela cidade. Nesse microcosmo que retrata, com tintas fortes e firmes pinceladas, Braff consegue desnudar os subterrâneos do poder que se baseia na hipocrisia e intolerância, mostrando ao leitor que o pequeno pode ser, por vezes,  uma miniatura do grande que, muitas vezes, corrói a paz de uma comunidade (ou um país). Um grande romance, que empolga e emociona, como toda a obra deste grande escritor brasileiro.

3 - Filosofia / História

Professor da Stanford University  e membro da Academia Francesa de Letras, o filósofo francês Michel Serres (publicado no Brasil pela Bertrand Brasil) é autor de vários ensaios filosóficos e de história da ciência, sendo um dos raros filósofos contemporâneos a propor uma visão aberta e otimista do mundo, fundada no conhecimento humanístico e científico. Em seu ensaio O Mal Limpo – Poluir Para se Apropriar? (Bertrand Brasil) ele defende a tese de que para se apropriar de um determinado lugar, tanto homens quanto animais irracionais marcam seu território com excrementos e dejetos. Por que é necessário poluir para se apropriar? O livro responde a esta pergunta, preocupando-se não somente com questões de química, física e meio ambiente, mas com projetos simplesmente humanos de apropriação.

Segundo o autor, a apropriação é uma necessidade das pessoas, mas aquele que reivindica um terreno, tem, frequentemente, que lutar contra um rival que também deseja o mesmo bem. Quanto a sujeira, ela não diz respeito somente ao lado físico, mas também ao psicológico. Um livro de filosofia que aborda um tema  que afeta a todos, O Mal Limpo mostra que, para entender a poluição, é necessário, também, ter a compreensão do ser humano como um todo, através de sua história, comportamento e psicologia. Uma abordagem interessantíssima, atual, e que abre um mundo de possibilidades para os que gostam de refletir sobre o homem e suas ações sobre o planeta em que vive.

4 - Best Seller / Romance Americano

A escritora americana Lisa Jackson é uma especialista em criar suspense e aliá-lo a instigantes tramas amorosas. Seus dois primeiros romances lançados no Brasil (pela editora Bertrand Brasil), Calafrios e Chama Fatal, se transformaram em sucesso imediato. O Último Grito (Bertrand Brasil), que acaba de chegar às livrarias brasileiras, mostra que o talento narrativo de Jackson continua em alta, ao nos apresentar a protagonista Cassidy, que sofreu um profundo trauma na adolescência, ao assistir o incêndio mortal no moinho de sua família.

A polícia descobriu, posteriormente, que o incêndio foi criminoso, mas nunca conseguiu encontrar o autor, e assim, o caso nunca foi resolvido. Dezessete anos depois, a protagonista volta a cidade onde tudo aconteceu, Prosperity, no Oregon, e mais um incêndio e assassinato têm lugar, levando o suspense a um grau máximo através de uma trama imprevisível e personagens muito bem elaborados, que excitarão a curiosidade do leitor até a última página. Para quem gosta de mistério e suspense, nada melhor do que um ótimo romance de Jackson, a nova rainha do thriller.

5. Ficção Policial Americana

Violência, anti-heróis, carros e tiradas espirituosas e espertas recheiam o quarto livro do escritor americano James Sallis, Drive (editora Leya) que está sendo considerado um clássico do suspense ao retratar um dublê de Hollywood que, à noite, trabalha como piloto de fuga para criminosos, embora nunca se envolva com violência. Até que um dia, um roubo dá errado, e suas habilidades para se safar e sobreviver são testadas.

Ao se sentir traído, o protagonista decide ir atrás dos responsáveis, num romance que é pura adrenalina, foi transformado em filme com Ryan Gosling como protagonista, e no qual assassinatos, velocidade e estratégia se misturam, dando origem a um romance no melhor estilo noir, que foi considerado um dos melhores livros do ano  pela Entertainment Weekly, e  o melhor livro do ano pelo Washinbgton Post. Uma justa premiação para um dos mais sensacionais romances policiais deste início de década, que injetou sangue novo na literatura americana policial, já rica em grandes talentos e obras do gênero. A ler e amar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dia de Reis, desmonte da árvore, romã...

Outono!