Postagens

Mostrando postagens de 2013

RETROSPECTIVA 2013

Os fatos culturais mais marcantes do anoBRASILEIRO RECEBE 1º LUGAR EM CONCURSO DE COMPOSIÇÃO NOS ESTADOS UNIDOS - Uma das mais prestigiosas orquestras americanas, a Susanville Symphony, sediada na Califórnia, premiou o compositor ANDERSEN VIANA no âmbito do Concurso 2012 de Composição - Susanville Symphony. A obra “Peça de Concerto in blue” obteve o Primeiro Lugar na categoria internacional. Esta premiação foi outorgada ao compositor baseada nas qualidades artísticas e técnicas da música. O envio das obras por cerca de 50 compositores de todo o mundo foi feito anonimamente. Além de quantia em dólares, a obra será interpretada pela orquestra em abril próximo dentro da série “THE MODERN COMPOSER”. De acordo com o director artístico da orquestra Benjamin J. Wade, “ Nós escolhemos esta obra pela variedade de melodias, frases memoráveis, um novo olhar da música orquestral moderna formando um conjunto estético incrivelmente agradável. À mente não é permitido a monotonia…” “Peça de Concerto …

Feliz Ano Novo! Muita paz, livros,poesia e prosa!

Imagem

Nascimento de Portinari

Imagem
Nascimento de Portinari (1903, Brodowski/SP)Futebol – Portinari A obra desse artista é vasta e diversificada. Produziu mais de 4.500 trabalhos, entre pinturas murais, painéis, telas, desenhos e gravuras, passando por tipos regionais, trabalho, retratos e tantos outros temas, porém as crianças tiveram sua predileção. Ele dizia: “Sabem por que é que eu pinto tanto menino em gangorra e balanço? Para botá-los no ar, feito anjos” (ROSA, 1999, apud REDDIG, 2007, p. 89/90). Sua preocupação sempre foi “expressar o homem por meio de diferentes linguagens e formas” (ibidem). Trecho retirado do site: http://www.museudainfancia.unesc.net/memoria/expo_ibero/acervo_portinari.htm

Ouvir estrelas

Imagem
Falecimento de Olavo Bilac (1918, RJ): poesiaprosaOuvir Estrelas"Ora (direis) ouvir estrelas! Certo
Perdeste o senso!" E eu vos direi, no entanto,
Que, para ouvi-las muita vez desperto
E abro as janelas, pálido de espanto...
E conversamos toda noite, enquanto
A Via Láctea, como um pálio aberto,
Cintila. E, ao vir o sol, saudoso e em pranto,
Inda as procuro pelo céu deserto.
Direis agora: "Tresloucado amigo!
Que conversas com elas? Que sentido
Tem o que dizes, quando não estão contigo?"
E eu vos direi: "Amai para entendê-las!
Pois só quem ama pode ter ouvido
Capaz de ouvir e de entender estrelas".                                           Olavo Braz Martins dos Guimarães Bilac

Cacaso…

Concursos literários

Imagem

Tudo passa, diz Vieira, no Natal

Imagem
Era o Primeiro Domingo do Advento, em 1655, e o Padre Antonio Vieira, do púlpito, pregava.
O revolucionário Padre não postulava valores verdades eternas, mas passageiras.
O advento, ou "chegada", é o primeiro tempo do a no litúrgico, o que antecede o Natal.Tempo de perdão, de preparação e alegria, e expectativa, quando se espera o nascimento de Cristo. Corresponde às quatro semanas que antecedem ao Natal . Um vento que vinha do mar.
Pássaros da madrugada.
Na orla da praia os pés afundavam na areia.
Ao longe, ouviam-se estalidos de trovoadas obscuras, como canhões.Vieira voltou-se para a estrada.
O mundo se tinha apagado, como se morto.
Na noite escura, um silêncio ausente, sinistro.
E ele continuava, passos pela estrada do falar.
No céu, apareceu o cometa, que apontava.
Os viajantes crentes foram chegam ao mesmo tempo.
Dos campos da vizinhança, foram chegando.
De repente, aparecia-lhes Vieira.
Mas o Padre, do alto do púlpito, pregava:“Tudo passa, e nada passa.”
“Tudo passa para a vida, …

Feliz Natal, da família Blocos!

Imagem
Um Natal de paz e amizade, sempre!

Dia do Vizinho

Imagem
Nas pequenas cidades, a ligação com os vizinhos é mais forte do que com os próprios parentes. Assim, é normal os vizinhos serem compadres e ou se casarem. Nas grandes metrópoles como São Paulo, as pessoas são anônimas e no cotidiano têm receio e mesmo medo de estreitarem relações. Ao contrário das que moram no interior, chegam a passar meses ou anos sem estabelecerem contato com os vizinhos. Alguns nem se conhecem. Nos edifícios, os condôminos se isolam em seus apartamentos. Parece que ninguém quer perturbar o vizinho, violar sua intimidade, evitando uma aproximação social saudável. Por outro lado, nada é mais irritante que um vizinho barulhento, inconveniente e “invasor”. Isso gera muitas discussões entre os moradores da mesma rua e dos condomínios. A melhor atitude é usar a diplomacia. Uma conversa tranqüila e ponderada com o vizinho muitas vezes gera uma boa amizade, porque a política da boa vizinhança sempre ganha. Um relacionamento amigável com o vizinho é importante e sensato, v…

Cinema, poesia e prosa

Imagem
CinemaÚltimo dia do Festival 12º NÓIA - Festival Brasileiro de Cinema UniversitárioPoesia Temática cidades internacionais: Bagdá (Iraque), Francisco OrbanBagdá/RioFico em casa, entre as telhas do tempo
desorganizadas
Amparado só pelas estrelas
Assolado pelas palavras
que chegam
Não é a minha língua
o que se fala pela tarde
onde se ouvem as balas e os tambores
Não é a língua da partilha o que se ouve
mas a solidão da carne
estraçalhada
Fico em casa
assistindo a nova guerra
feita para matar
ferir a madrugada e fazer harpas milenares
desaparecerem  do mundo
Mas como falar sobre  razão
entre as palafitas dos sonhos
da minha geração perdida
olhando o menino sem braços
que chora em Bagdá
os meninos das ruas do Rio de Janeiro
os meninos e as meninas
da minha cidade ferida                    Francisco OrbanProsaTemática Terceira idade: Chico Lopes“Meu conselho aos jovens: envelheçam, antes que seja tarde!"
Nelson RodriguesGosto do conselho do Nelson. Mas envelhecer é dramático. O pior mesmo é a perda das ener…

NÃO TORNE NOSSA FLORESTA EM PASTO - Assine a petição: Salve Gurupi

Dia Internacional do Imigrante

Imagem

Salve Gurupi: assine a petição!

Imagem

Feliz Natal!

Imagem
Que nossos leitores e amigos, possam receber o Natal com muita paz, amor e saúde! Que a semana seja um prenúncio de boas chegadas, bons amigos, boas notícias e muita luz!

De volta após a tempestade Terra

Imagem
FICAMOS SEM ATUALIZAR O PORTAL POR 30 DIAS, DEVIDO AO TERRA TER
                      MIGRADO O PORTAL PARA NOVA PLATAFORMA Nascimento de Olavo Bilac (1965, RJ):  poesiaprosaFrases da semana"Saudade: presença dos ausentes" - Olavo Bilac"Saudade é tudo o que fica / daquilo que não ficou" - Luis OtávioCinema Festival 12º NÓIA - Festival Brasileiro de Cinema Universitário (16 a 20 de dezembro) LiteraturaPoesia Temática mensal: Ano Velho / Ano NovoProsaTemática mensal: Ano Velho / Ano Novo

Falha do Portal Terra, prejudica site Blocos Online desde 22/11/13

Desde o dia 22 de Novembro de 2013, o site da Blocos vem sendo prejudicado pela incompetência técnica do portal Terra.com.br.Desde o dia 22 estamos reclamando incessantemente e nada acontece. Um pessoal sem o mínimo preparo que nem sabe esclarecer ao certo o que pode estar acontecendo, está transformando, a história de 17 anos de Blocos, numa palhaçada. De nossa parte, pedimos aos nossos leitores e principalmente aos participantes do Livro Digital Poesia para mudar o mundo, nossas sinceras desculpas com a certeza de que, sérias decisões serão tomadas contra esse portal formado de pessoas desprovidas até mesmo de informações cabíveis.Mônica Banderas (responsável pelo Blog da Blocos)

Falha do Portal Terra, prejudica site Blocos Online desde 22/11/13

Desde o dia 22 de Novembro de 2013, o site da Blocos vem sendo prejudicado pela incompetência técnica do portal Terra.com.br.Desde o dia 22 estamos reclamando incessantemente e nada acontece. Um pessoal sem o mínimo preparo que nem sabe esclarecer ao certo o que pode estar acontecendo, está transformando, a história de 17 anos de Blocos, numa palhaçada. De nossa parte, pedimos aos nossos leitores e principalmente aos participantes do Livro Digital Poesia para mudar o mundo, nossas sinceras desculpas com a certeza de que, sérias decisões serão tomadas contra esse portal formado de pessoas desprovidas até mesmo de informações cabíveis.Mônica Banderas (responsável pelo Blog da Blocos)

Falha do Portal Terra, prejudica site Blocos Online desde 22/11/13

Desde o dia 22 de Novembro de 2013, o site da Blocos vem sendo prejudicado pela incompetência técnica do portal Terra.com.br.Desde o dia 22 estamos reclamando incessantemente e nada acontece. Um pessoal sem o mínimo preparo que nem sabe esclarecer ao certo o que pode estar acontecendo, está transformando, a história de 17 anos de Blocos, numa palhaçada. De nossa parte, pedimos aos nossos leitores e principalmente aos participantes do Livro Digital Poesia para mudar o mundo, nossas sinceras desculpas com a certeza de que, sérias decisões serão tomadas contra esse portal formado de pessoas desprovidas até mesmo de informações cabíveis.Mônica Banderas (responsável pelo Blog da Blocos)

Falha do Portal Terra, prejudica site Blocos Online desde 22/11/13

Desde o dia 22 de Novembro de 2013, o site da Blocos vem sendo prejudicado pela incompetência técnica do portal Terra.com.br.Desde o dia 22 estamos reclamando incessantemente e nada acontece. Um pessoal sem o mínimo preparo que nem sabe esclarecer ao certo o que pode estar acontecendo, está transformando, a história de 17 anos de Blocos, numa palhaçada. De nossa parte, pedimos aos nossos leitores e principalmente aos participantes do Livro Digital Poesia para mudar o mundo, nossas sinceras desculpas com a certeza de que, sérias decisões serão tomadas contra esse portal formado de pessoas desprovidas até mesmo de informações cabíveis.Mônica Banderas (responsável pelo Blog da Blocos)

Arnaldo Niskier

Imagem

Dia mundial da Televisão

Imagem

Dia da Consciência Negra, por Adão Ventura e Maria Luiza Falcão

NEGRO FORRO
minha carta de alforria
não me deu fazendas,
nem dinheiro no banco,
nem bigodes retorcidos.
minha carta de alforria
costurou meus passos
aos corredores da noite
de minha pele.

                Adão Ventura
POR UM SORVETE
Sexta-feira, 1º de novembro de 2013, dia de Todos os Santos. Caminhando na Av. Amazonas, centro de Belo Horizonte, decidi parar numa loja do Bob's e tomar um sorvete. A loja é a de número 800 (tem uma plaquinha na parede indicando). Na fila do caixa, vi um menino com uma pequena caixa na mão. Ele também me viu e, educadamente, perguntou se eu poderia comprar um sorvete para ele. Assenti e aguardei minha vez. Fiz questão de pegar o ticket e entregar na mão dele. Imaginei que seria bom para ele fazer seu próprio pedido no balcão de atendimento, afinal, de posse da notinha, ele era um cidadão, um cliente igual a todos que ali estavam. Paguei pelo meu sorvete e com meu ticket busquei atendimento. No balcão, algumas pessoas eram atendidas, outras como eu aguardavam. …

Dia da Bandeira

Imagem

O Fla-Flu literário (***)

Imagem
Um Fla-Flu literário (Ed. Bertrand Brasil/Difel, Rio), de Mauro Rosso, é um desses livros que eram necessários mas ninguém sabia, só ficou sabendo depois que ele apareceu. Seu conceito é simples. Nos primeiros anos do século 20, quando o futebol estava começando a se consagrar como esporte no Brasil (embora um esporte de elite, não o esporte popular de hoje), havia gente a favor e gente contra, principalmente na imprensa. Mauro Rosso escolheu o grande Coelho Neto como exemplo dos a-favor, e o grande Lima Barreto como exemplo dos contra. E reproduz, com fartos comentários e análises, textos dos dois escritores, numa polêmica divertida e esclarecedora.
Uma das ironias do passar do tempo é que Coelho Neto, na época considerado por alguns o maior escritor brasileiro, está hoje completamente esquecido, acho que só quem lembra dele somos eu e Mauro Rosso. E Lima Barreto, o bebum, o maluco, o marginal, é reeditado sem parar, adotado nos vestibulares e estudado nas academias. Para ver o que e…

Jasmim Amaral, por Glória Kirinus

Imagem
No vôo da Gol, no dia 10 de novembro, com destino para Porto Alegre, conheci Jasmin Amaral, uma menina de 3 ou 4 anos. Viajava com o avô para um transplante de rim, num hospital de Porto Alegre (Santa Casa?) Jasmim não entendia das demoras que existem nessas ocasiões (espera para embarcar, para descer do avião, para esperar as malas, as caixas com os medicamentos, o aparelho de hemodiálise, nada disso) O avô entendia disso tudo e segurava o coração e as ideias em cada mão.
Peguei minha pequena bagagem antes e fui ao encontro do meu rumo. Prometi ao avô que rezaria pela Jasmim e que pediria a Deus pela saúde dela, como se eu tivesse alguma autoridade e intimidade com Deus.
_ Jasmim Amaral, Jasmim Amaral. O avô repetiu duas vezes e ficou aliviado.
Quem pensa que eu estive sozinha na Feira do Livro de Porto Alegre, não sabe que entre foto e foto, stand e stand de livros, abraços de amigos e leitores, esse nome virou prece para mim.
Hoje, domingo, uma pausa para as perguntas que fazem fila na…

CASA ARRUMADA

Imagem
Casa arrumada é assim: Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz.
Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não centro cirúrgico, um cenário de novela. Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas... Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo: Aqui tem vida...
Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar. Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha. Sofá sem mancha? Tapete sem fio puxado? Mesa sem marca de copo? Tá na cara que é casa sem festa. E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.
Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde. Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante, passaporte e vela de aniversário, tudo junto...
Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente b…

QUEBECK

Quebeck das distâncias,
das casas iluminadas
e do caudaloso São Lourenço.
De ruas estreitas,
curvilíneas,
casas barrocas
coloridas como paixão.
Quebeck dos sonhos dourados,
de ciprestes e castelos seculares.
De parques e tapetes amarelecidos
e das árvores frondosas
que me perco no olhar.
À beira de tudo,
o instante.
Instante das estrelas
e dos olhos esquecidos de um tempo.


                                                        Geraldo Coelho Vaz

Do livro: O outro caminho, Ed. Renascer, 2007, Goiânia/GO


Nascimento de José Saramago

Imagem

Proclamação da República

Imagem
Hino da Proclamação da RepúblicaLetra: José Joaquim Medeiros e Albquerque
Música: Leopoldo MiguezSeja um pálio de luz desdobrado
Sob a larga amplidão destes céus
Este canto rebel que o passado
Vem remir dos mais torpes labéus.
Seja um hino de glória que fale
De esperanças de um novo porvir!
Com visões de triunfos embale
Quem por ele lutando surgir! Liberdade! Liberdade!
Abre as asas sobre nós!
Das lutas na tempestade
Dá que ouçamos tua voz! Nós nem cremos que escravos outrora
Tenha havido em tão nobre país
Hoje o rubro lampejo da aurora
Acha irmãos, não tiranos hostis.
Somos todos iguais! Ao futuro
Saberemos unidos levar
Nosso augusto estandarte que, puro,
Brilha avante da Pátria no altar! Liberdade! Liberdade!... Se é mister que de peitos valentes
Haja sangue no nosso pendão
Sangue vivo do herói Tiradentes
Batizou este audaz pavilhão!
Mensageiros de paz, paz queremos,
É de amor nossa força e poder,
Mas da guerra nos transes supremos
Heis de ver-nos lutar e vencer! Liberdade! Liberdade!... Do Ipiranga é preci…

ABL em Blocos

Paes, Nêumanne e Mattoso

Affonso Romano de Sant’Anna citando no Facebook, poema de Edson Cruz

EDSON CRUZ E SEU "ILHÉU" [POEMAS):
é um belo livro, que tem poemas assim:
BIBLIOTECAS
A biblioteca do pai de Borges
foi o fato capital de sua vida.
Ele nunca saiu dela, disse.
Em minha casa nunca tive
livros
O fato capital de minha vida
é não ter tido pai.
Minha mãe foi minha biblioteca.
E ensinou-me tudo.
Nunca saí dela.
Era analfabeta e deveria
ter se chamado Alexandria.
( mais informações no site MUSA RARA)

Anjos, Queiroz e Barthes

Paisagem inusitada

Imagem
no frio chão de areia
sobre o oco tronco de madeira (poste
de luz descartado) causas e casas diversas
opera a natureza: criam-se fungos de orelha
brotam ervas atrativas (e musgos e liquens e
minúsculas margaridas) larvas de serra-pau
guarida de aranha obesa pouso amarelo de borboletas
avencas (trazidas pelo vento e tenras heras que cobrem
(feito um véu de eras) o espaço aéreo até as copas
de insistentes arbustos sonhando
árvores futuras.                            Sidnei Olívio

Marli Berg!

Imagem